Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias de encantar ou talvez não...

Histórias de encantar ou talvez não...

25
Abr21

O anjo da guarda cap. XII \ parte 5

Intima

142100388_149657066827928_2373263898712925129_n.jp

Depois de Erica se afastar, Cláudio dirigiu-se a Gabriel...

- Para quando o casamento?

- Se tudo correr conforme o previsto será em Setembro...

- Basta olhar para vocês os dois para perceber o amor que vos une...e eu desejo do fundo do meu coração tudo de bom, e as maiores felicidades...eu aceitei um trabalho em Nova York, parto dentro de dias...não vos peço nada mais a não ser que me contem novidades do bebé...

- Por mim podes vê-lo sempre que quiseres, afinal apesar de tudo és o pai...

Erica chegou nesse momento e Gabriel pôs-la a par da conversa...

- Claro que podes vê-lo, como o Gabriel disse és o pai...

- Não, eu não fui correto contigo...sinto que o Gabriel vai dar um ótimo pai...só vos peço que me deixem participar um pouco na vida dele...e se fores capaz de me perdoar Erica, gostava que ficássemos amigos...

Gabriel e Erica abraçaram Cláudio...

- Seremos amigos para sempre...queres jantar connosco?

O jantar correu muito bem, Gabriel fartou-se de rir com as peripécias em que Erica e Cláudio se metiam quando namoravam...quando Cláudio se despediu, a noite já ia longa...

Erica e Gabriel foram se deitar e adormeceram agarrados, com a esperança que agora tudo ia começar a correr bem...

- Melissa que se passa? Porque estás aqui, no meu sonho?

- Eu sou o vosso anjo da guarda Erica...tanto posso aparecer no teu sonho como no do Gabriel...preciso avisar-te, tu e o bebé correm grande perigo...a tua irmã não vai ficar nada contente por o Fabrício lhe ter tirado a oportunidade de ficar com o Cláudio...tem mais um plano na manga e este não é nada bom...

- Que vai ela fazer?

- Tentar matar-te e assumir o teu lugar...ela está obcecada com o Cláudio e vai tentar de tudo para o ter...

- Quando vai acontecer?

- Isso não te posso dizer...mantêm-te cautelosa...tudo vai correr bem...

Erica acordou tão sobressaltada que acabou por acordar Gabriel...

- Amor que se passa?

- Sonhei com a Melissa, ela disse-me que a minha irmã vai tentar matar-me...não me disse quando...só me disse que tudo vai correr bem...

- Se ela disse que vai tudo correr bem...vai tudo correr bem...descansa...

25
Abr21

O anjo da guarda cap. XII \ parte 4

Intima

120137455_1103981680054643_6547293163665288498_n.j

Cláudio olhou para Gabriel por um instante, ele estava sentado perto de Erica de mão dada com ela, e o olhar dele era de adoração, amor, um amor que ele nunca tinha dado a Erica, nem a Letícia ...e agora ficara sem as duas...

- Mas?...Cláudio estás bem?

- Desculpa, sim estou. O que queria dizer era que eu amava muito a Letícia e por ter sido palerma perdi-a...como fui capaz de acreditar em tudo o que Flávia me disse e deixei a Letícia ir embora sem deixar que se explicasse...

- Desculpem lá me meter no assunto, já que não tenho nada com isso, mas porque é que a irmã da Erica está a fazer isto tudo...por acaso vocês tiveram um caso que ficou mal resolvido no passado?

- Eu conheci a Flávia na faculdade, numa semana em que a Erica tinha faltado, acho que estava doente ou assim, ao principio ela até me interessou, saí com ela uma ou duas vezes, mas sempre lhe disse que só me queria divertir, nada de compromissos, mas ela tornou-se obsessiva, ligava-me a todas as horas, arranjava forma de estar no mesmo sítio que eu, mandava-me mensagens a meio da noite...cansado da situação um dia fui ter com a Erica, pensava eu que era a Flávia, para lhe dizer que parasse de andar atrás de mim, a Erica começou a rir-se e disse-me que nunca me tinha visto mais gordo, fiquei fulo, só me apetecia esgana-la, mas virei as costas e fui embora, só dali a uma hora e tal é que ela veio ter comigo e disse-me que eu provavelmente a tinha confundido com a irmã, só depois de olhar bem para ela percebi as diferenças, principalmente no olhar, a Erica tinha um olhar meigo, sedutor...a Flávia tinha um olhar frio, ausente...fiquei fascinado por ela, e tentei de tudo para a ter para mim...ela acabou por aceitar depois de me fazer jurar sobre a bíblia que eu não tinha nada com a irmã...Entretanto as coisas entre mim e a Erica ficaram mesmo sérias é que fui ter com a Flávia e  pedi-lhe que me deixasse em paz pois namorava com a irmã dela e queria ficar com ela...

- Espera aí, eu perdi-me, mesmo depois de começares a namorar com a Erica a Flávia não te deixou em paz?

- Não, continuava a seguir-me, a mandar mensagens, só os telefonemas pararam...depois de quase lhe implorar que me deixasse em paz, ela prometeu que não me procurava mais , mas pediu-me que continuássemos amigos...o tempo passou, ela começou a namorar com o Fabrício, até que decidiram casar...no dia antes do casamento ela foi ao meu apartamento, disse que precisava de falar comigo, estava com medo do casamento e pediu-me que fosse o primeiro, pois tinha-se guardado para mim, disse-lhe que ela estava maluca e pedi-lhe que saísse, ela continuou a insistir...quando finalmente achei que a tinha convencido, ela ofereceu-se para fazer café, sem imaginar que ela poderia fazer o que quer que fosse, aceitei...a ultima coisa que me lembro é de tomar o café...acordei no outro dia com o toque do telemóvel, era a Letícia a perguntar-me o que se passava, a Erica estava farta de me ligar e eu não atendi, estávamos a ficar atrasados para o casamento, à medida que falava com ela olhei para o quarto confuso...como é que tinha chegado ali...até descobrir um papel ao meu lado na cama, era um bilhete da Flávia a dizer que tinha adorado fazer amor comigo e bastava eu dizer que a queria , que ela  cancelava o casamento no próprio dia...fiquei apavorado e acabei por desabafar com a Letícia, ela conhecia muito bem a Erica e aconselhou-me a não lhe contar nada ...pois ela não ia acreditar em mim e o namoro ia por agua abaixo...foi com esta história que  acabamos por nos aproximar e o resto já sabem...

- E a Flávia?

- Nunca mais me procurou, até ao dia em que a Erica me apanhou...

- Não consigo acreditar que a minha irmã fez tudo isso...acho que quem está a precisar de um chá calmante agora sou eu...

24
Abr21

O anjo da guarda cap. XII \ parte 3

Intima

118377490_1460961737624933_3192147563208816968_n (

Eram duas da tarde, quando Cláudio tocou à porta e surpreendeu-se a ver um homem a abrir-lhe a porta...

- Desculpe a Erica já não mora aqui!

- Mora sim, o Sr deve ser o Cláudio, eu sou o noivo da Erica..

- Noivo!, que brincadeira é esta?

- Calma, entre já lhe explicamos tudo...

Cláudio sentiu-se confuso, que raio se passava ali...estaria ela a gozar com a cara dele...

-  Erica que raio se passa aqui...andas a gozar com a minha cara? Primeiro morri para ti, depois pedes à tua irmã para me dizer que estás grávida, envias-me cartas, telefonas-me dizes que continuas apaixonada por mim, que queres voltar, marcas encontro na tua casa, e quando chego aqui, um homem abre-me a porta a dizer que é teu noivo?

- Se te acalmares eu explico-te tudo...fomos os dois vitimas da loucura da minha irmã...

- Desculpa?! Como assim...que tem a Flávia a ver com isto tudo?

Assim que  Cláudio se sentou e acalmou, Erica explicou-lhe tudo o que se tinha passado, e assim somando dois mais dois conseguiram finalmente perceber algumas coisas que se passaram enquanto namoravam...

- Meu Deus será que tudo o que ela me disse sobre a Letícia também era mentira?

- É possível, que te disse ela?

- Disse-me que a Letícia só andava comigo para te magoar, que ela tinha muita inveja de vocês, e que foi ela que tinha pedido à Flávia naquele dia para te ligar, para que tu nos apanhasses...

- E tu acreditaste?

- Sim acreditei...fiquei cheio de raiva, senti-me usado, traído...

- Pois, foi assim que eu me senti...

- Desculpa Erica, não te queria magoar a sério que não queria, tu significaste muito para mim, mas...

24
Abr21

O anjo da guarda cap. XII \ parte 2

Intima

138067402_686004765398577_8098141644611694504_n (1

Erica tinha acabado de chegar a casa e preparava-se para tomar banho quando a campainha tocou...

- Fabrício?! que fazes aqui, está tudo bem com a Flávia?

- Desculpa ter aparecido assim sem avisar, mas precisava muito de falar contigo, acho que a tua irmã enlouqueceu...

- Enlouqueceu?! Mas...desculpa Fabrício entra...senta-te vou fazer-te um chá ...

Fabrício entrou e sentou-se, Erica apareceu cinco minutos depois com uma caneca

- Pega bebe é de camomila vai fazer-te bem...acalma-te um pouco respira fundo e conta-me o que se está a passar...

Fabrício tirou do bolso alguns papeis, notavam-se que tinham sido amachucados, e estendeu-os a Erica...

- Pega é melhor leres isto...

Erica pegou nos papeis e começou a ler...

- Mas isto são rascunhos de cartas enviadas a Cláudio, com a minha assinatura...como é possível isto eu nunca as escrevi...

- Pois não, foi a Flávia...

- A Flávia?! Mas porquê?

- E não são só as cartas, desde à uma semana para cá ela liga todos os dias ao Cláudio, a fazer-se passar por ti...

- O quê?! Mas que raio quer ela...arruinar a minha vida?

- Quer que tu voltes para ele para assim conseguir ficar mais perto dele...A Flávia sempre foi apaixonada pelo Cláudio, Erica, embora tu nunca te tenhas apercebido sempre que tu e o Cláudio apareciam os olhos dela brilhavam e garanto-te que não era por te ver...

- Porque é que nunca me disseste?

- Porque não me queria meter, mas desde o dia que ela te ligou para que apanhasses o Cláudio com a Letícia...a cara de satisfação que ela fez quando te viu a sair a correr da casa do Cláudio, assustou-me, depois inventou uma data de mentiras entre ele e a Letícia, que acabou por os separar...pois na mente dela tu ias perdoar e voltar com ele, e com o bebé as coisas seriam mais facilitadas, só que entretanto tu começaste a namorar com o teu patrão e ela passou-se de vez, começou a falar como tu, a agir da mesma forma, a andar como tu, e até enjoos ela começou a ter...

- Como é tudo isso possível meu Deus, eu não estou a reconhecer a minha própria irmã...

- Mais uma coisa, prepara-te o Cláudio deve aparecer aqui amanhã...

- Meu Deus...

Momentos depois de Fabrício ir embora, Gabriel chegou com o pai, encontrou Erica a soluçar sentada no sofá...

- Meu Deus amor o que se passa? Aconteceu alguma coisa contigo, com o bebé?

- Não aconteceu nada connosco estamos os dois bem, a minha irmã enlouqueceu Gabriel...

- O que se passa?

Erica acalmou-se e contou a Gabriel tudo o que Fabrício lhe dissera..

- Valha-me Nossa Sra dos Aflitos, como é que a sua irmã foi capaz ...

- A minha irmã enlouqueceu Sr Silva...ela está completamente obcecada com o Cláudio...

- Amanhã ficarei contigo em casa, posso trabalhar a partir daqui, não te vou deixar sozinha com esse tipo...

- Calma amor, o Cláudio é tão vítima quanto eu...

 

24
Abr21

O anjo da guarda cap. XII \ parte 1

Intima

132505218_433459477824611_1466419332764348214_n.jp

- Estou Cláudio? Sou eu a Erica! Está tudo bem contigo?

- Tudo Erica desde ontem, está tudo bem contigo e com o bebé?

- Sim estou a morrer de saudades tuas quando vens cá a casa?

- Amanhã eu passo aí pode ser?

-Claro amor, estarei é tua espera...

Flávia desligou o telefone e sorriu, naquela semana tinha conseguido que Cláudio voltasse a interessar-se por ela, ou melhor pela irmã, só faltava um dia para o seu plano dar certo, dali a dois dias voltava para Cláudio...

Todas as cartas que escreveu a Cláudio, todos os telefonemas, fez tudo a fazer passar-se pela irmã...mas existia a hipótese de não dar certo...e se eles descobrissem que na verdade era ela e não Erica a autora de tudo aquilo... podia sempre matar a irmã, por uma barriga falsa e assumir a identidade dela, como a gravidez ainda pouco se notava podia simular um acidente e dizer que tinha perdido o bebé...tudo resolvido...

21
Abr21

O anjo da guarda cap. XI\ parte 5

Intima

127765019_140033470838599_5771636706263972575_n.jp

Ao chegarem ao hotel a excitação era tanta que Gabriel fechou a porta com um pontapé e começou imediatamente a despir Erica sem parar de beija-la tirou-lhe a camisola seguindo o sutiã, seus lábios desceram para os seios dela, acariciando-os e beijando-os...Enquanto isso Erica lutava para abrir a camisa dele, mas acabou por rebenta-la, Gabriel já lhe tinha tirado as calças e as cuecas e a língua dele já explorava a sua vagina e clitóris...Erica deitou-se e rodou de forma a apoderar-se do pénis completamente duro dele, meteu-o todo na boca e explorou cada cm de pele...Gabriel levantou-a e posicionou-a de forma a penetra-la por trás e sem qualquer aviso meteu o pénis duro no anús de Erica fazendo-a gritar primeiro de dor depois de extremo prazer...Erica nunca tinha sido possuída daquela maneira e depressa chegou ao orgasmo fazendo com que Gabriel de viesse também, adormeceram abraçados um ao outro, completamente saciados...

- Isto também é lindíssimo, mas gostei mais do Palácio...também tem alguma lenda lenda associada?

- Sim mas é referente a Nossa Senhora...

- Conta...

- Ok...Segundo a lenda perto daqui desapareceu de casa um menino com cerca de cinco anos, sem que a sua mãe conseguisse saber  onde ele estava, pensou que ele tinha caído do alto do penhasco ao mar e tivesse morrido afogado, mas a verdade pelos vistos era outra, pelo que se sabe umas bruxas tinham tirado o menino da sua casa e lançaram-no num despenhadeiro, num monte sobre o mar. Ao ouvi-lo chorar, acudiram uns pastores de gado que rapidamente deram a noticia à aldeia, de lá saíram muitos aldeões como também a mãe do menino para o socorrerem. Para o tirarem do buraco que parecia fundo e inacessível foi uma tarefa complicada mas lá conseguiram...Todos alegres por o verem são e salvo, quando na mãe lhe perguntou como ele tina ido ali parar e como conseguira sobreviver tantos dias sem comer, o menino contou que umas senhoras o tinham atirado para aquele buraco, mas houve outra senhora muito bonita que todos os dias lhe levava umas sopinhas de cravo para ele comer...depois de tudo explicado, toda a aldeia juntamente com a família do menino dirigiram-se para a igreja para agradecer a Nossa Senhora tudo ter acabado em bem...ao chegarem ao altar com Nossa Senhora o menino olhou para ele e disse virado para a mãe: " Olha mãe ali está a senhora que me levava a sopinha de cravos para eu comer..."

- Bolas agora arrepiaste-me...

O resto da semana passou a correr, quando deram por ela estava na hora de regressarem ao trabalho...

21
Abr21

O anjo da guarda cap. XI\ parte 4

Intima

150776797_453164062762637_5303805736458945707_n.jp

Foram para o palácio, em cada sala que entravam Gabriel ficava fascinado, era tudo muito bonito...

- Erica porque raio é que o teto desta sala é tão diferente dos outros? Os outros eram simples e este está cheio de desenhos...

- É uma história engraçada: Diz-se que o Rei e a Rainha que viviam aqui na época fizeram casar mais de um cento de mulheres...seguindo tão bom exemplo não havia nenhuma relação fugaz nem adultério conhecido, por isso a corte era conhecida como uma escola que ensinava os jovens casais a manterem-se fiéis.

D. Filipa, tinha ao peito pregado o véu de esposa casta e não perdoava a infidelidade e por isso trazia sempre o Rei observado...Segundo reza a lenda um belo dia o rei esqueceu-se que vinha a ser observado e furtivamente deu um beijo na face de uma das aias, a rainha apareceu logo, com o seu olhar acusador e grave, D. João, envergonhado disse quase gaguejando "foi por bem", a rainha saiu solenemente, seriam ciumes? Não apenas sentiu o orgulho ferido. Rapidamente a noticia se espalhou pelo palácio, e toda a criadagem andava com a frase na boca, chateado com a situação o rei decidiu tomar uma iniciativa, mandou construir uma sala para a criadagem, todos ficaram radiantes, contando os dias que faltavam para a sala estar pronta. Quando finalmente chegou o dia em que iam conhecer a sala, qual não foi o espanto de todos ao verem que o teto estava todo pintado com Gralhas, que tinham escrito no bico "pour bien", ou seja por bem...

-Realmente muito engraçado...

- Bem é melhor irmos embora para casa, amanhã levo-te ao Cabo da Roca, também é um local maravilhoso, costuma-se dizer que é onde acaba a terra e começa o mar...

19
Abr21

Queria Acreditar...

Intima

159057143_249850203519248_5272749908393510481_n.jp

Queria acreditar que ainda é possível amar, encontrar alguém que fique ao meu lado, mesmo que veja os meus defeitos...

Mesmo tendo a vida a dar-me para trás eu continuo a acreditar que vale a pena...

Que um dia tudo vai mudar, vou encontrar alguém que vai fazer valer a pena cada segundo que esperei...

Sinto-me sem forças...

Outro dia, mas tento continuar a acreditar que é possível...

Acreditar que amar me vai ajudar a superar as tempestades da vida...

18
Abr21

O anjo da guarda cap. XI \ parte 3

Intima

155979298_441468857297370_2977436307526673344_n.jp

A conversa foi toda feita em silêncio, Erica começava a ficar aflita

- Gabriel por favor fala comigo...

Gabriel abraçou-a e chorou, como nunca tinha chorado...foi então que Erica se apercebeu o que se tinha passado e abraçou-o com força...

- Erica eu só posso estar maluco, não acredito no que se passou aqui...

- Reza a lenda que este jardim era o local onde as mouras vinham, ao sair do banho, respirar a frescura do ar e o perfume embalsamado das flores. Uma dessas mouras apaixonou-se por um cristão que escondido a observava, mas essa moura era casada e quando o marido descobriu matou-a...a lenda diz que ainda hoje todas as noites a moura volta ao jardim em busca do cristão por quem se apaixonou e o poder desse amor é tão forte que quem vem aqui encontra-se sempre com alguém que amou muito mas que infelizmente já partiu para o outro mundo...eu quando vim aqui pela primeira vez vi e falei com os meus pais...tu falaste com a Melissa certo?

- Sim, e conversei com ela, mas antes tive a visão do nosso casamento aqui mesmo neste jardim...e se casássemos aqui?

- Acho uma ideia maravilhosa...

- Bem estamos em Março são quatro meses de gravidez mais cinco isso dá Agosto...que dizes de Setembro...

- Mal posso esperar...vamos ver agora o interior do Palácio?

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub