Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Histórias de encantar ou talvez não...

Histórias de encantar ou talvez não...

01
Mai21

O anjo da guarda cap. XIV \ parte 2

Intima

178528966_195305125741556_4729674023408896302_n.jp

Erica estava já no meio da passadeira quando ouviu o chiar dos pneus de um carro a acelerar de um lado e a sirene de uma ambulância do outro...

Quando Gabriel chegou Erica já estava dentro da ambulância...

- Por favor digam-me como ela está?

- Quem é o senhor?

- O marido dela...

- Quer a verdade?

Gabriel acenou que sim com a cabeça...

- Vai ser um milagre se ambos sobreviverem, precisamos da sua autorização para fazer uma cesariana de emergência, para tentarmos salvar pelo menos um deles...

- Façam o que for preciso mas por favor salvem-os

Quando chegaram ao hospital Erica foi levada diretamente para a sala de cirurgia...

Gabriel avisou o pai e Cláudio, que tinha regressado ...

Cláudio foi o primeiro a chegar...abraçaram-se e Gabriel começou a chorar...

- Calma, já tens noticias deles?

- Estão ainda na cirurgia, já lá vão duas horas, não sei se aguento muito tempo mais...

- Claro que aguentas, tens de aguentar...

Meia hora depois o médico veio ter com eles...Gabriel foi o primeiro a levantar-se...

- É o marido da Erica certo?

- Sim como estão ela e o bebé?

- O bebé está na incubadora mesmo sendo prematuro nasceu com a força toda e logo poderá leva-lo para casa...

- E a minha mulher como está ela?

-Infelizmente para a Erica as coisas não estão bem...

- Porquê o que se passou?

- A Erica entrou em coma logo a seguir ao parto, e acredite que vamos fazer tudo para a salvar, mas neste momento não lhe posso dar muitas esperanças, o acidente provocou muitos danos, incluindo uma grande hemorragia interna, para já conseguimos para-la...mas pode recomeçar a qualquer momento...

- Mas não há mais nada que se possa fazer?

- Rezem, acho que nesta altura é a única coisa que se pode fazer...

Gabriel estava arrasado, Deus não podia tirar-lhe outra pessoa,  que mal teria ele feito para estar a pagar tanto...se Erica morresse ele ia ficar novamente sem nada, tinha o bebé, mas não era dele...Cláudio abraçou-o com força...

- Tem calma, tudo vai correr bem a Erica sempre foi uma mulher forte...

- E se não correr?

- Vai correr, e não te podes ir abaixo, o bebé precisa de ti...

- O bebé é teu Cláudio...

- Não, eu até posso ter contribuido para a formação dele, mas és tu que estás com ela, és tu que vais casar com ela, e vais criá-lo como se fosse teu...

- Obrigada, queres ser o padrinho dele, ou, dela...ainda não sabemos se é menino ou menina...

- Ia adorar ser o padrinho...mas...

- Tenho a certeza que a Erica também quererá isso...vem ali uma enfermeira vamos perguntar-lhe se é menino ou menina...sra enfermeira por favor...

- Sim, em que posso ajuda-los?

- Eu sou o marido da Erica...

- Sim, ainda não lhe disseram como ela está? de certeza que não tardará a ter noticias...,

- Não, não é isso já me informaram do estado dela, o que eu gostava de saber...era o sexo do bebé...com tudo isto ainda não sei...

A enfermeira sorriu...

- Imagino...é pai de um lindo e forte rapagão...quer vê-lo?

- Sim gostava muito, vens Cláudio?

- Não vai tu...

- Por favor...

A chegarem à neonatologia a enfermeira apontou para uma incubadora que estava à direita deles...

- Está ali o seu filho, vai ser um rapaz muito forte, sobreviveu a uma ameaça de aborto e a um acidente muito grave...é um bebé milagre...parabéns...

Ao olhar para o bebé os olhos de Gabriel encheram-se de lágrimas, estava ali o retrato vivo do seu filho Tiago...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub